menu logo

tamanho do texto:

Geodiversidade

gallery_thumbnail
zoom in

As Flores é a quarta ilha mais antiga dos Açores, com aproximadamente 2,16 milhões de anos, e atinge a sua cota máxima de 911 metros no cone vulcânico do Morro Alto.

Tal como a vizinha ilha do Corvo, está separada do resto do Arquipélago pela Crista Médio-Atlântica, estando localizada na placa litosférica Norte-Americana.

Relativamente ao vulcanismo, é de a referir a existência de um sistema vulcânico ativo, o Sistema Vulcânico das Lagoas, que abrange o planalto central e compreende a atividade vulcânica mais recente registada na ilha, retomada há 4000 anos após um prolongado período de inatividade de cerca de 200 mil anos. As erupções mais recentes datam de há 3000 anos.

Do ponto de vista geológico, é nesta ilha que se observa a maior quantidade e diversidade de maars, que correspondem a vulcões monogenéticos. Os maars estão associados a atividade hidromagmática, resultante da interação entre o magma em ascensão e água existente nas rochas sobrejacentes, na sequência das quais se formam crateras de explosão “encaixadas” na região circundante, sendo quase sempre ocupadas por lagoas, como são exemplos a Lagoa Seca, a Lagoa Comprida e a Lagoa Funda.

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA