menu logo

tamanho do texto:

Vinhas da Criação Velha PR05PIC

Tipo: linear
Dificuldade: fácil
Distância: 7,1Km
Duração: 2h
Altitude (Min / Máx): 2m / 59m

 

Como Chegar

Siga pela Estrada Regional em direção ao Monte (freguesia da Candelária). Próximo do quilómetro 97, siga a indicação “Porto do Calhau”. 



Equipamento Recomendado

Calçado apropriado para caminhadas, impermeável, chapéu, protetor solar e água.



gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

O percurso tem início junto ao poço de maré no Porto do Calhau, freguesia da Candelária, e termina numa antiga casa senhorial, denominada “Solar dos Salemas”, no lugar da Areia Larga. 

Vinhas da Criação Velha trata-se de um trilho que se desenvolve, quase na sua totalidade, em paisagem cultural, classificada pela UNESCO como Património Mundial, onde a paisagem rendilhada por muros de pedra negra e áspera e chão de lajido contrasta com o verde viçoso das videiras. O trilho está também inserido na Área de Paisagem Protegida da Cultura da Vinha – Zona Oeste.

Em 2011, este trilho foi distinguido pela revista BootsnAll como sendo um dos oito trilhos mais singulares do mundo pela diversidade paisagística e cultural que providencia.
 

Inicie o percurso no Porto do Calhau e siga junto à costa passando por um poço de maré, típicos desta ilha, que representam a adaptação dos habitantes na conquista dos elementos e de onde se retirava água salobra para uso doméstico ou na vitivinicultura.

Continue ao longo da estrada passando pelo Porto do Pocinho, onde novamente irá encontrar um poço de maré e um parque de merendas. Daqui o caminho contorna o monte adiante pela direita. Aproveite esta parte elevada do percurso para apreciar a vista das vinhas, mas também dos ilhéus da Madalena, conhecidos por Ilhéu em Pé e Ilhéu Deitado.

Siga, novamente, a sinalética até junto à costa, passando pela zona balnear da Laja das Rosas, entrando depois na área das típicas vinhas do Pico. Ao longo deste caminho, preste atenção às relheiras, rastos das carroças usadas para transporte de carga, mas também ao Moinho do Frade, usado para a moagem de cereais e reconstruído em 2003/2004.

Chegando à estrada, onde deverá seguir à direita, não deixe de ver um bom exemplo de um rola pipas, uma rampa escavada para o mar de onde se rolavam as barricas de vinho para as embarcações.

O trilho prossegue junto ao mar, passando pelo Solar dos Limas e pelo Solar dos Salemas, até terminar junto ao restaurante Ancoradouro no Porto da Areia Larga. 
 

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA