menu logo

tamanho do texto:

Fortes de São Sebastião PR5TER

Tipo: Linear
Dificuldade: Fácil
Distância: 5,7Km
Duração: 2h30
Altitude (Min / Máx): 7m / 153m

 

Como Chegar

Partindo do centro da freguesia de São Sebastião, siga a sinalética "Farol das Contendas" e ao chegar ao farol, siga a Estrada Municipal 509 mantendo-o à sua direita. Aproximadamente 450 metros depois, encontra o painel de início de trilho.

Situa-se a cerca de 15 quilómetros, por estrada, do centro de Angra do Heroísmo.



Equipamento Recomendado

Calçado apropriado para caminhadas, impermeável, chapéu, protetor solar e água.



gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

Este percurso está parcialmente inserido na Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies da Ponta das Contendas, também classificada como Zona de Proteção Especial (ZPE) no âmbito da Rede Natura 2000. Para além dos valores naturais presentes, o trilho permite ainda a observação de vestígios de antigas fortificações de defesa marítima dos séculos XVI / XVII.

A caminhada inicia-se na estrada municipal 509 a cerca de 450 metros do Farol das Contendas (sentido Angra do Heroísmo – Praia da Vitória).

Siga em direção a um miradouro com vista para o Farol das Contendas e Ilhéus das Cabras. Prossiga em direção aos vestígios do Forte da Greta e aos do Forte de Santa Catarina das Mós (ambos de 1581). Contemple a Baía das Mós, que, em 1583, foi palco do desembarque da armada do Rei Filipe II de Espanha que pôs termo à resistência da ilha ao domínio Espanhol.

Volte ao ponto inicial do trilho, vire à direita e prossiga pela estrada asfaltada (cerca de 550 metros) até encontrar uma cancela que deverá transpor usando a escada existente.

Chegando à pastagem, siga pela direita em direção às ruínas do Forte do Bom Jesus (1644), onde poderá contemplar os três ilhéus formados pela erosão marinha de uma antiga península e observar a importante colónia de Sterna sp. (garajaus). Nas falésias adjacentes nidifica a espécie Calonectris borealis (cagarro).

Retome o percurso em direção à subida do Pico dos Comos e siga por entre vegetação autóctone com espécies como a Erica azorica (urze) e a Morella faya (faia-da-terra).

Prossiga o trilho por um pasto na direção do marco geodésico. Deste ponto mais alto, com vista para o Ilhéu da Mina, pode observar uma parte significativa do percurso realizado e a realizar.

Continue a caminhada descendo os campos, até um miradouro de onde se avista a orla costeira de São Sebastião que confina com a Área Marinha Protegida de Gestão de Recursos da Costa das Contendas.

Siga a sinalização que o levará à ruína do Forte do Pesqueiro do Menino (1581). Mais adiante o trilho chega ao asfalto que o levará à praça central da Vila, onde termina o percurso.

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA