menu logo

tamanho do texto:

Ponta das Contendas

Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies

gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

Localizada na costa sudeste da ilha, esta área ocupa cerca de 91 hectares, com uma altitude máxima de aproximadamente 148 metros.

A parte sudeste – incluindo a Ponta das Contendas – faz parte da zona basáltica fissural, o sistema vulcânico mais recente da ilha, constituído por escoadas lávicas basálticas e cerca de 70 cones de escórias distribuídos pela parte central da ilha, pela zona dos Cinco Picos e nesta área protegida. Como exemplos de cone de escórias temos o caso do Pico dos Cornos e do cone de escórias (“bagacina”) das Contendas, este último de idade mais recente e, logo, com depósitos piroclásticos soltos, de coloração escura e pouco alterados.

A Baía Mós (ou Baía da Mina) está delimitada por pontas rochosas proeminentes, de escoadas basálticas na sua base, recobertas por materiais piroclásticos (incluindo cinzas vulcânicas), com estratificação (camadas) bem visível. A erosão marinha atuante nesta zona foi responsável pela formação do Ilhéu do Feno, do Ilhéu dos Garajaus e do Ilhéu da Mina, que integravam a península que ladeia a Baía das Mós a norte.

A vegetação das vertentes voltadas para a Baía das Mós, do Pico dos Cornos e do Pico das Contendas inclui espécies endémicas dos Açores como Erica azorica (urze), Spergularia azorica, Festuca petraea (bracel-da-rocha) e Daucus carota azoricus (salsa-burra). Bordejando as arribas encontra-se a espécie Tamarix africana (salgueiro), há muito introduzida no arquipélago.

Nesta área protegida, nidificam importantes colónias de aves marinhas como as espécies Sterna dougallii (garajau-rosado), Sterna hirundo (garajau-comum) e Calonectris borealis (cagarro), que podem ser observadas percorrendo o trilho Fortes de São Sebastião (PR05TER).

Esta área confina com uma Área Marinha Protegida de Gestão de Recursos, constitui uma Zona de Proteção Especial (ZPE) no âmbito da Rede Natura 2000 e integra uma Área Importante para as Aves e Biodiversidade (IBA) da organização BirdLife International.

Classificações:

Rede Natura 2000

IBA

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA