menu logo

tamanho do texto:

Monte Brasil

Área Protegida de Gestão de Recursos

gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

Com cerca de 48 hectares, esta área protegida engloba o maior aparelho vulcânico submarino dos Açores que, na sequência de uma erupção surtseiana, originou um cone de tufo que se ligou posteriormente a terra por acumulação das suas cinzas, tendo formado uma península com 25 hectares.

Os fundos desta área marinha costeira, formados por escoadas lávicas basálticas recobertos pelas escoadas piroclásticas solidificadas e compactas, apresentam cavernas e grutas semissubmersas, depósitos de blocos e calhaus, areias e recifes rochosos, que constituem importantes habitats associados a elevada biodiversidade da vida marinha. Destaca-se a presença de Sabella spallanzanii (espirógrafos), Scyllarides latus (cavacos), Chromis limbata (castanheta), Abudefduf luridus (castanheta-azul), Serranus atricauda (garoupa), Sparisoma cretense (veja) e Diplodus sargus (sargo), bem como os peixes pelágicos de passagem, como Sphyraena viridensis (bicuda) e Seriola rivoliana (lírio).

Anexo a esta área protegida encontra-se o Parque Arqueológico Subaquático da Baía de Angra do Heroísmo.

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA