menu logo

tamanho do texto:

Costa do Topo

Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies

gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

Localizada no extremo oriental de São Jorge, a área protegida da Costa do Topo ocupa cerca de 388 hectares e é circunscrita pela Ribeira Funda e Ribeira das Lixívias.

Nesta área destaca-se o Cabeço da Forca, um cone de escórias cortado pela arriba e que exibe uma rede filoniana associada à sua estrutura interna. No cais do Topo são visíveis formas peculiares associadas a fenómenos de erosão marinha e uma intensa alteração das formações rochosas que, dada a sua idade, se traduz numa disjunção esferoidal e na arenização das escoadas lávicas.

A 400 metros da costa, a área protegia do Ilhéu do Topo abrange cerca de 12 hectares, com uma altitude máxima de 19 metros. De superfície aplanada, é constituído por basaltos e tufos vulcânicos, encontrando-se separado da ilha devido à erosão.

Esta zona caracteriza-se por possuir uma diversidade de aves como as espécies Sterna dougallii (garajau-rosado) e de espécies de flora, nomeadamente, Azorina vidalii (vidália), Euphorbia stygiana stygiana (trovisco-macho) e Juniperus brevifolia (cedro-do-mato).

É um habitat privilegiado classificado como Área Importante para as Aves e Biodiversidade (IBA – Important Bird and Biodiversity Area) da organização BirdLife International, Zona Especial de Conservação (ZEC) Costa Noroeste e Ponta do Topo e Zona de Proteção Especial (ZPE) Ilhéu do Topo e Costa Adjacente, no âmbito Rede Natura 2000. Em conjunto com a Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies do Ilhéu do Topo, constitui um geossítio do Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO.

Classificações:

Reserva da Biosfera

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA