menu logo

tamanho do texto:

Rocha dos Bordões

Monumento Natural

gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

Com 10,28 hectares, este Monumento Natural está situado a uma cota máxima de 493 metros.

A Rocha dos Bordões apresenta-se segundo enormes colunas rochosas verticais, que lembram bordões feitos de pedra, daí a sua denominação.

Implantada nas proximidades da estrada entre Mosteiro e Lajedo, esta estrutura geológica corresponde a uma disjunção prismática ou colunar, associada ao arrefecimento de uma escoada lávica traquibasáltica aquando do seu fluxo e implantação. Estas colunas têm cerca de 20 metros de altura, uma secção com dimensão decimétrica e apresentam-se bem preservadas, tendo em conta a idade da escoada lávica (aproximadamente 570 mil anos).

Na vegetação envolvente, destaca-se a presença de Juniperus brevifolia (cedro-do-mato), Frangula azorica (sanguinho), Picconia azorica (pau-branco), Erica azorica (urze) e Vaccinium cylindraceum (uva-da-serra). Entre as herbáceas e arbustos endémicos, salienta-se a presença de Scabiosa nitens, Leontodon hochstetteri (patalugo-menor), Cardamine caldeirarum e Hypericum foliosum (malfurada).

A avifauna está representada, principalmente, por espécies residentes, destacando-se as subespécies endémicas dos Açores como Fringilla coelebs moreletti (tentilhão), Sylvia atricapilla atlantis (toutinegra dos Açores), Motacilla cinerea patriciae (alvéola), Turdus merula azorensis (melro) e Regulus regulus inermis (estrelinha).

Esta zona integra a Zona Especial de Conservação (ZEC) Central – Morro Alto no âmbito da Rede Natural 2000 e constitui um geossítio do Geoparque Açores – Geoparque Mundial da UNESCO.

Classificações:

Reserva da Biosfera

Rede Natura 2000

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA