menu logo

tamanho do texto:

Notícias

Parque Natural da Terceira – Ecoteca: Vamos arregaçar as mangas!

Parque Natural da Terceira – Ecoteca: Vamos arregaçar as mangas!

16 de Dezembro de 2020

Segundo o estudo “Production, use, and fate of all plastics ever made”, efetuado em 2017 pelas universidades da Califórnia e da Geórgia e pela Sea Education Association, desde que começou a produção de materiais sintéticos em grande escala, no início da década de 50, a quantidade de plástico gerada pelo Homem equivale ao peso de 80 milhões de baleias azuis, 1 bilião de elefantes ou 25 000 Empire State Buildings, ou seja, cerca de 8,3 biliões de toneladas.

A produção anual de plástico foi aumentando com o passar dos anos, passando de 2 milhões de toneladas, em 1950, para mais de 400 milhões, em 2015. Apenas 9 % desses resíduos foram reciclados, enquanto 12 % foram incinerados e 79 % acabaram em aterros e abandonados no ambiente.

Grande parte dos resíduos de plástico que não são devidamente encaminhados, acabam nos oceanos. A água, o sol, o vento e os microrganismos vão degradando o plástico descartado até o converterem em pequenas partículas com menos de 0,5 centímetros, conhecidas como microplásticos. Estas são ingeridas pelo plâncton, por bivalves, peixes e até baleias, que as confundem com comida. Em 2016, um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação deu a conhecer que existem microplásticos em cerca de 800 espécies de peixes, crustáceos e moluscos.

No sentido de alertar e sensibilizar o público infantojuvenil para as problemáticas ambientais, a Ecoteca do Parque Natural da Terceira, dinamiza, no âmbito do programa Parque Escola 2020/21, a ação “Vamos arregaçar as mangas”, onde são realizadas ações como limpeza e monitorização de resíduos na orla costeira e áreas interiores, plantação de espécies autóctones e remoção de invasoras. Esta ação, disponível também na oferta educativa de anos anteriores, é essencial no sentido de alertar os jovens para esta problemática, não só lhes dando a conhecer as particularidades da bio e geodiversidade locais, mas essencialmente sensibilizando-os para a necessidade da conservação da natureza, promovendo, assim, a cidadania e o voluntariado ambiental. 

Fotos: Parque Natural da Terceira

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA