menu logo

tamanho do texto:

Ponta do Cintrão

Área Protegida para a Gestão de Habitats ou Espécies

gallery_thumbnail
zoom in

Esta área protegida ocupa 25 hectares e compreende toda a linha de costa desde a parte mais ocidental da falésia do Calhau do Cabo até ao porto de Santa Iria.

A sua costa apresenta duas proeminências, o Calhau do Cabo e a Ponta do Cintrão, muito recortadas por pequenas enseadas e delimitadas por altas falésias. Na base das falésias é possível observar algumas grutas litorais, resultantes da forte erosão marinha que se faz sentir neste local.

A Ponta do Cintrão corresponde a um dos maiores promontórios de São Miguel, pertencente ao Complexo Vulcânico do Fogo, formado por espessas escoadas de lavas traquíticas (domos). Numa pequena baía localizada a ocidente deste promontório, localiza-se o porto de Santa Iria. Outrora com atividade baleeira, o porto serve de apoio à pesca artesanal e é também utilizado como zona de recreio e lazer.

Toda esta zona é particularmente importante para a nidificação das aves Calonectris borealis (cagarro), Puffinus lherminieri baroli (frulho) e Sterna hirundo (garajau-comum).

Esta área encontra-se classificada como Área Importante para as Aves e Biodiversidade (IBA – Important Bird and Diversity Area), pela organização BirdLife International e como Biótopo CORINE.

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA