menu logo

tamanho do texto:

Volta à Caldeira - Furna do Enxofre PRC2GRA

Tipo: Circular
Dificuldade: Fácil
Distância: 10,8Km
Duração: 3h30
Altitude (Min / Máx): 65m / 303m

 

Como Chegar

Partindo da Praça Fontes Pereira de Melo na Vila de Santa Cruz, siga em direção ao centro da freguesia de Guadalupe numa distância de 3 quilómetros. No largo Padre Simões Borges, vire à esquerda em direção ao lugar das Pedras Brancas percorrendo 3,8 quilómetros, seguindo depois na direção da Caldeira pela Canada Longa, onde encontrará a sinalização de início do trilho.



Equipamento Recomendado

Calçado apropriado para caminhadas, impermeável, chapéu, protetor solar e água.



gallery_thumbnail
zoom in

Galeria

O trilho começa e termina junto ao Caminho das Furnas. Durante o percurso pode visitar o Centro de Visitantes da Furna do Enxofre, a Furna e três túneis lávicos, nomeadamente as furnas do Abel, d‘Água e Maria Encantada, enquanto disfruta de uma vista panorâmica sobre quase toda a costa sul da Graciosa e restantes ilhas do grupo central.

Suba até ao túnel de acesso da Caldeira, coberta por Cryptomeria japonica (criptoméria), Acacia melanoxylon (acácia), Morella faya (faia-da-terra) e as endémicas Laurus azorica (louro-da-terra) e Erica azorica (urze), e continue pela estrada até ao Centro de Visitantes da Furna do Enxofre onde pode obter informação sobre a ilha, a Caldeira e a Furna. Percorra o caminho de regresso pelo trilho para visitar as furnas do Abel, d‘Água e da Maria Encantada. Seguindo para nordeste, pela estrada de terra batida, pode ver em frente a Vila da Praia, à esquerda o monte da Senhora da Saúde, à direita o Ilhéu da Praia e, ao fundo, a Serra das Fontes. Continuando chega à vertente sul, de onde, virando-se para sul, pode ver à esquerda o Farol do Carapacho e o Ilhéu de Baixo, e ao centro a localidade do Carapacho. Pode ainda avistar a sudeste a ilha Terceira, a sul São Jorge e a sudoeste o Pico e o Faial.

A avifauna local é caracterizada por subespécies endémicas passeriformes como  Turdus merula azorensis (melro), Fringilla coelebs moreletti (tentilhão), Motacilla cinerea patriceae (alvéola) e Sturnus vulgaris granti (estorninho dos Açores), destacando-se outras aves como Buteo buteo rothschildi (milhafre ou queimado) e Columba palumbus azorica (pombo-torcaz dos Açores).

No próximo ponto de observação, pode obter uma visão panorâmica sobre a freguesia da Luz. Ao centro surge a Serra Dormida, onde é visível a formação geológica mais recente da ilha, a erupção do Pico Timão, ocorrida há 3900 anos. A escoada lávica associada é coberta pela maior mancha florestal da ilha que se estende até à Rochela (Vila da Praia). Ao fundo, está a Serra Branca ao centro e a Serra das Fontes à direita.

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA