menu logo

tamanho do texto:

Entre Montes PRC8FAI

Tipo: Circular
Dificuldade: Fácil
Distância: 3,4Km
Duração: 1h30
Altitude (Min / Máx): 1m / 85m

 

Como Chegar

A partir do Jardim da Praça do Infante (extremidade sul da Avenida Marginal), frente à Marina da Horta, desloque-se para sul, pelo caminho de calçada, em direção à Praia de Porto Pim. Após passar o Hotel Canal à sua direita, no entroncamento vire à esquerda e percorra cerca de 600 metros, até chegar ao parque de estacionamento à esquerda da fábrica da baleia.



Equipamento Recomendado

Calçado apropriado para caminhadas, impermeável, chapéu, protetor solar e água



gallery_thumbnail
zoom in

O trilho começa e termina no parque de estacionamento junto da praia do Porto Pim, desenrolando-se entre o Monte da Guia e o Monte Queimado, locais de grande importância histórica Faialense, passando também por alguns miradouros. Ao longo do percurso pode observar exemplos de avifauna marinha e flora endémica.

Comece o percurso junto ao parque de estacionamento da praia do Porto Pim. Passe pelo Observatório do Mar dos Açores e, com as instalações à sua direita, siga o caminho de calçada até encontrar escadas à esquerda que o vão guiar até ao Miradouro da Lira. Deste ponto, é possível ver a baía com o forte de São Sebastião na margem oposta. Por todo o percurso existem algumas fortificações de proteção marítima dos séculos XVI e XVII, pelo que o local foi batizado como Porto Pim, palavra de origem Flamenga que significa Porto Seguro.

Do Miradouro da Lira suba até à estrada onde deverá seguir para a direita, contornando a capela de Nossa Senhora da Guia. Continue para sul com as Caldeirinhas (crateras do vulcão submarino do Monte da Guia) à sua esquerda, até o percurso virar para norte com vista para a praia. Passe pelo Aquário do Porto Pim, local de exibição das espécies mais comuns do mar dos Açores, e seguidamente pela Casa dos Dabney, outrora pertencente à família Dabney que habitou no Faial entre 1806 e 1894, deixando um imenso património edificado, recuperado pelo Parque Natural do Faial.

Siga depois à esquerda, atravessando a praia e, no final desta, siga à direita pela Rua da Rosa. Sensivelmente no topo da rua irá encontrar sinalética à direita que o levará ao cume do Monte Queimado, um vulcão de génese terrestre. Antes do topo aproveite para descansar e apreciar a vista sobre a marina da Horta.

O trilho continua até ao parque de estacionamento, local onde teve início.

Se efetuar o circuito durante as estações da primavera e do verão, pode observar algumas espécies da avifauna marinha dos Açores, como Calonectris borealis (cagarro) e (Sterna hirundo (garajau-comum), pois é nesta época que estas aves migram para este arquipélago a fim de nidificarem. Ao longo do percurso a paisagem envolvente é dominada pelas espécies Erica azorica (urze), Morella faya (faia-da-terra), Festuca petraea (bracel-da-rocha) e Juncus acutus (junco-agudo).

Quer receber notícias nossas?

Respeita os termos do WCAG 2.00 AA