Regresso às origens!

 

Ano após ano, no início do mês de fevereiro, os cagarros escolhem os Açores para namorar, acasalar e criar os filhotes, que atingem a vida adulta por volta dos 7 anos de idade, podendo alcançar os 40 anos de longevidade.

O cagarro, ave emblemática dos Açores, é uma espécie protegida por legislação regional e por convenções internacionais.

Apesar dos Açores possuírem a maior população mundial da espécie Cagarro salvo_maio_020 (75%), a população europeia de cagarros tem vindo a diminuir nas últimas décadas.

O Governo dos Açores promove anualmente a Campanha SOS Cagarro (http://www.azores.gov.pt/gra/dram-soscagarro), entre 15 de outubro e 15 de novembro, através da Direção Regional dos Assuntos do Mar, com o apoio da Direção Regional do Ambiente e tendo como parceiros institucionais os Parques Naturais dos Açores e a Azorina, S.A., além de diversas entidades não governamentais e da crescente e significativa adesão das populações, em todas as ilhas.

O desenvolvimento da campanha, que decorre nos Açores desde 1995, visa alertar a população açoriana para a necessidade de preservação desta espécie protegida que nidifica no Arquipélago e está organizada em duas vertentes: a de Educação Ambiental e a de Conservação da Natureza, sendo a maior e mais antiga dos Açores, com estes propósitos.

Nos últimos anos, a campanha incorporou também uma vertente científica, através da criação das brigadas científicas SOS Cagarro, que recolhem informação de forma padronizada.

A informação recolhida por estas brigadas é disponibilizada a investigadores, que podem, assim, com mais conhecimentos, propor medidas mitigadoras da queda de cagarros juvenis. Nesse sentido, a Região tem participado em vários projetos no espaço dos arquipélagos da Macaronésia, de que é exemplo o LuMinAves e que envolveu nos Açores, Madeira e Canárias várias entidades públicas, centros de investigação e Organizações não Governamentais de Ambiente (ONGAs).

O empenhamento das pessoas e organizações na ação de resgate dos juvenis é, aliás, fundamental para que estas aves façam a sua migração, de milhares de quilómetros, rumo às zonas do hemisfério sul, e possam, um dia, regressar às suas ilhas de origem, quando adultos, para se reproduzirem.

Esta semana, o Parque Natural do Corvo realizou a recolha de um cagarro adulto saudável, que se apresentava anilhado. Este facto, despertou interesse e até entusiamo, durante o processo de averiguação no sentido de comprovar onde e quando, tinha sido anilhado.

No entanto, nesse mesmo dia e, após um Vigilante da Natureza ter recolhido os dados biométricos da ave e verificado o seu estado, foi libertada junto à costa. E foi com muita satisfação que, posteriormente, toda a equipa recebeu a informação, apurada pela Direção Regional dos Assuntos do Mar, de que a ave tinha sido anilhada na ilha, durante a Campanha SOS Cagarro 2013, ano em que o Parque Natural do Corvo registou o salvamento de cerca de 600 aves juvenis!

Foto: Parque Natural do Corvo

Carnaval Ecológico

Oficina de Carnaval, direcionada a crianças dos 6 aos 12 anos, para elaboração de máscaras através da reutilização de materiais.

Data: 22 de fevereiro

Horário: 15h00 - 16h30

Local: Centro de Interpretação de Aves Selvagens do Corvo

Data limite de inscrição: 21 de fevereiro

Contactos: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. | 292 596 051Carnaval Ecolgico_red2

À descoberta do Parque Natural e da Reserva da Biosfera do Corvo

 

Visita guiada ao Centro e realização de um "Quizz" sobre aves e as valências do Parque Natural. No final, os participantes terão a oportunidade de visualizar o filme de realidade virtual e visitar uma atafona típica da ilha.

Inscrições limitadas e gratuitas até 18 de outubro, através de This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. | 292 241 450.E-news Corvo_-__descoberta_do_Parque_Natural_red2

Decoração sustentável

 

O Parque Natural do Corvo, em parceria com Hernâni Furtado e no âmbito do programa Parque Aberto, promove uma    oficina de reutilização de materiais no dia 9 de junho pelas 14h30, no Centro de Convívio da Santa Casa da Misericórdia do Corvo.

Esta ação visa a elaboração de utensílios ou peças decorativas com materiais recicláveis como garrafas de vidro, frascos e embalagens de plástico, utilizando assim o artesanato como uma forma de preservar o ambiente, através da reutilização.

Durante a oficina serão ainda esclarecidos conceitos referentes à politica dos 3 Rs (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) e explicada a importância do reaproveitamento das embalagens de produtos industrializados.

As inscrições são limitadas até 7 de junho e têm um custo associado de 2,00€ por participante.

Para inscrições ou mais informações: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. | 292 596 051.

E-news PA_Corvo_Decorao_Sustentvel_red2

Recrutamento de um Assistente Geral para o Centro de Interpretação de Aves Selvagens do Corvo

 

Ambiente Aores_CoresA Sociedade de Gestão Ambiental e Conservação da Natureza - Azorina, S.A. pretende recrutar um (1) colaborador para o Centro de Interpretação de Aves Selvagens do Corvo, em regime de contrato de trabalho a termo certo, pelo período de 1 ano, renovável, na seguinte categoria:

- 1 (um) lugar de Assistente Geral, para exercer funções de atendimento ao público, controlo de stocks e vendas e de acompanhamento e dinamização de ações de sensibilização ambiental.

Os concorrentes devem ainda preencher os seguintes requisitos, sob pena de exclusão:
- Escolaridade obrigatória e domínio fluente da língua inglesa.

Os interessados devem remeter as respetivas candidaturas, com indicação da vaga para a qual concorrem, até ao dia 29 de maio de 2019, quarta-feira, para o seguinte endereço de correio eletrónico: This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

As candidaturas devem ser acompanhadas, sob pena de exclusão, de curriculum vitae atualizado e de cópia do certificado de habilitações académicas. Devem, ainda, ser juntos, como anexos ao curriculum vitae, os comprovativos de experiência profissional e cópias dos certificados de ações de formação profissional, sob pena de os mesmos não serem ponderados na avaliação curricular.

A seleção do candidato será feita considerando os seguintes métodos de seleção, igualmente valorados:
- Avaliação curricular (AC);
- Entrevista Profissional de Seleção (EPS).